Vale do Loire, França: roteiro de 4 dias da Caroline Saraiva

Há alguns dias, postei lá na nossa fan page no Facebook o link para o post sobre a minha viagem bate-e-volta ao Vale do Loire, a partir de Paris, na França. 

Eu fiz esta daytrip muito a contragosto, porque, na verdae, o que eu queria mesmo era passar um mês inteiro rodando de carro pelo interior da França

Aí, conversa vai, conversa vem, a Caroline Saraiva me contou que também fez uma viagem pelo Vale do Loire, num roteiro de 4 dias, e também achou pouco! 

Claro que eu já fiquei louca pra saber do roteiro dela, e pedi que ela compartilhasse conosco :)

Com vocês, então, Caroline Saraiva no Vale do Loire:


África do Sul com filhas gêmeas de 3 anos em slow travel e muitos esportes radicais, por Zani Raphaelli

A Zani Raphaelli entrou em contato conosco, contando que mora em Porto Alegre com o marido e as filhas gêmeas de 3 anos, e que a família adora viajar, sempre no estilo slow travel

Já estiveram em Noronha, Ceará, Uruguai e África do Sul, e agora estão de viagem marcada para a Costa Rica. Em cada lugar que vão, praticam muitos esportes radicais, como kite surf, stand up paddle, surf e esqui. 

Como a Zani mesmo disse, é uma loucura praticar esportes radicais com as crianças por perto, às vezes em condições super adversas de ventos fortes, por exemplo, mas com certeza é super gratificante viajar com a família, em contato direto com a natureza, e fazendo o que se gosta. 

Claro que eu não perderia a oportunidade, e pedi a eles um relato da viagem da família à África do Sul

Segue, abaixo, sem mais enrolação, o relato da Zani, contando um pouco das histórias desta família #mundo@ventura! 

Dubrovnik: um passeio de caiaque inesquecível

No último post, dei algumas dicas práticas sobre Dubrovnik e contei sobre os passeios mais legais que fizemos por lá. 

Mas ficou faltando um, que na verdade foi o mais legal de todos e merecia este post só para ele - o nosso passeio de caiaque pelo Mar Adriático, contornando as muralhas da Cidade Velha e a Ilha de Lokrum, com direito a uma visita à caverna (fendas nas rochas) e parada para um lanche e delicioso banho de mar numa prainha paradisíaca, com águas transparentes. 

Dubrovnik: dicas práticas e passeios imperdíveis

Vindos de Trebinje, na Bósnia, chegamos a Dubrovnik à noite, exaustos. 

Depois de muito rodar de motorhome por Dubrovnik, acabamos encontrando um acostamento bem bom para fazer free camping - como não foi nada fácil, seguem as coordenadas para GPS para facilitar a vida de vocês:

N 42°37`41.0``
E 18°9`53.5``

Ilha de Hvar, Croácia

A Croácia tem 1244 ilhas - como escolher apenas uma para conhecer?

Pois é, nós enfrentamos este dilema: queríamos muito conhecer Cres, Krk, Rab, Bol, Korcula e, principalmente, Mljet...mas tínhamos que escolher apenas uma, se quiséssemos ter tempo de ver o resto dos Bálcãs, e então ficamos com a mais famosa - a Ilha de Hvar

Escolhemos Hvar porque tem acesso fácil, inclusive de motorhome, porque é famosa e "imperdível", segundo os guias de viagens, blogs que eu li e dicas de amigos, pela arquitetura veneziana de Hvar Town, e porque é o lugar mais ensolarado do país. 

Croácia: como ir de Split à Ilha de Hvar passando por Omis e Drvenik, na Dalmácia - dicas práticas

Nos últimos posts, contei tudo sobre a nossa hospedagem BBB em Split e também sobre os nossos passeios por lá. 

Mas então chegou a hora de seguir viagem - sempre chega! - e tínhamos que decidir como ir até a Ilha de Hvar, nosso próximo destino. 

Podíamos ir de Split direto para Hvar com o ferry que sai de lá, mas eu tinha ouvido maravilhas sobre este trecho da Costa da Dalmácia, e então resolvemos ir pelo litoral até Drvenik, passando por Omis, Brela e dezenas de outras cidadezinhas pelo caminho. 

O caminho de Split até Omis é bem bonito, margeando o mar e subindo e descendo as encostas das montanhas, com estradas ótimas e sem pedágio! 

tem sorteio de um calendário personalizado da FotoRegistro no nosso Instagram!

Tem SORTEIO novo no nosso Instagram!

Há alguns dias, eu postei nas nossas redes sociais uma fotografia do calendário de parede que nós ganhamos da FotoRegistro

Foi um sucesso! Me pediram para ver fotos dos outros meses também e várias pessoas solicitaram mais informações sobre ele, pensando até em mandar fazer calendários personalizados para presentear a família (os avós...) no Natal. Não é uma ótima ideia?!?

Pensando nisso, achei que os nossos leitores gostariam de ganhar um cupom para fazer um calendário personalizado com as fotos das suas viagens...estou certa??? 

Pois a FotoRegistro, que já era nossa velha conhecida aqui no blog, da oportunidade em que fizemos com eles um Fotolivro Plus Extra Grande, fez uma parceria conosco e vamos sortear um lindo calendário personalizado para você! #ap 

Corra lá no perfil @claudiarodriguespegoraro no Instagram, procure por esta foto para ver as regrinhas do sorteio e participe!

No dia 10/11 sai o resultado! 

E não esqueça: o endereço para entrega do seu presente tem que ser no Brasil :)

Saiba mais sobre o calendário de parede que nós vamos sortear:

Split: charme mediterrâneo na Costa da Dalmácia

No último post, contei sobre a nossa chegada e hospedagem em Split, e agora quero falar sobre as nossas andanças pelo Centro Histórico, que fica dentro e ao redor do Palácio de Diocleciano, ponto central da cidade. 

Já estávamos há 4 dias viajando de motorhome pela Croácia, e já havíamos conhecido lugares incríveis como Rovinj e Pula, na Ístria, os Lagos de Plitvice Zadar

Então, na nossa quarta noite na Croácia, depois de passarmos por Sibenik e Trogir durante um longo dia de passeios, fomos pernoitar em Split.

Depois de nos acomodarmos no Camping Stobrec, rumamos para a Old Town de Split, já que não queríamos perder a oportunidade de ver essa cidade linda à noite, toda iluminada!

nossa dica de hospedagem BBB em Split, na Croácia

Na nossa viagem pela Croácia, embora fosse oficialmente "proibido", fizemos free camping (estacionar o motorhome em qualquer lugar e passar a noite) quase todas as noites, sem qualquer problema, como eu já contei nos posts de Rovinj, Lagos de Plitvice e Zadar

Mas a gente gosta de, pelo menos a cada 3 ou 4 noites, ficar em um camping, seja para esvaziar os tanques de água suja e esgoto do motorhome, seja para tomar um banho "luxuoso" num banheiro espaçoso, ou ainda carregar as baterias, encher o tanque da água e também para o Lipe "brincar de acampar", hehehehe...

Trogir, uma jóia na Costa da Dalmácia - Croácia

Depois de conhecer Zadar e Sibenik, seguimos viagem para Trogir, uma jóia na Costa da Dalmácia

Como são todas cidadezinhas muito charmosas e pequeninhas, é possível visitá-las em daytrips a partir de Zadar ou de Split, em um único dia. Vimos muitos grupos de turistas, principalmente japoneses, fazendo isso. 

Dá tranquilamente para sair de Zadar e ir a Sibenik e Trogir, voltando para Zadar, num dia bem longo; ou então, sair de Split e ir até Trogir e depois Sibenik, voltando depois para Split. 

Quem vai de Zadar/Sibenik em direção a Trogir, tem vistas lindas da estrada, da cidade inteirinha, avistando Trogir de cima. Não sei se as vistas são bonitas assim para quem vai até lá desde Split...

Sibenik, o tesouro que os croatas guardam só pra eles!

Começamos a nossa viagem pela Costa da Dalmácia em Zadar, como eu contei neste post

Depois de uma noite de free camping em Sukosan, uma cidade ali pertinho, mais ao sul, seguimos no dia seguinte para SibenikTrogir Split

Nos próximos posts, vou contar sobre os nossos passeios em Trogir e Split, cidades mais famosas. Mas hoje quero escrever (e mostrar, com muitas fotos!) sobre Sibenik, uma cidadezinha sobre a qual não tinha ouvido falar antes de pesquisar muito sobre a Croácia - um lugar parado no tempo, sen-sa-cio-nal, e que conseguiu escapar das hordas do turismo em massa que assolam as outras cidades da Dalmácia que visitamos, mesmo em baixa temporada. 

Disney Babble Brasil: "Destinos improváveis com filhos" - a entrevista completa

Fico muito faceira sempre que nos convidam para uma entrevista, porque é uma oportunidade para falar sobre viagens em família para leitores que ainda não conhecem o nosso blog

Lá no Disney Babble Brasil, o pequeno viajante já foi apontado como um dos top 10 blogs brasileiros de famílias viajantes, neste link

Meses depois, o nosso canal no YouTube foi indicado pelo Disney Babble Brasil como uma de 4 famílias viajantes que documentam suas andanças pelo mundo em vídeos, neste link.

E agora, na semana passada, eles publicaram uma matéria sobre viagens para destinos improváveis com filhos, com a nossa participação, e eu fiquei muito feliz com a oportunidade de dar dicas de lugares fora do comum para curtir férias inesquecíveis com os pequenos.

Mas, nestas entrevistas, a gente sempre responde a um monte de perguntas e, na edição, eles são obrigados a cortar grande parte do que contamos, resumindo um pouco a nossa "novela" - então vou publicar aqui a entrevista integral, para quem tiver interesse, como já fizemos aqui, com a entrevista dada para a Revista Pais & Filhos ou aqui, com a entrevista que demos para o portal Delas, no IG

Coreia do Sul com crianças: roteiro de 13 dias

Como vocês sabem, nós temos uma série aqui no blog chamada de viagens dos amigos

Já são mais de 30 posts, em que nossos amigos viajantes contam histórias e dão dicas das viagens deles aqui no pequeno viajante. 

Há tempos que eu venho incomodando um casal de amigos para que eles contem aqui no blog sobre as viagens deles - eles não têm blog e viajam pelo mundo todo com os 2 filhos pequenos - eu acho um desperdício eles não compartilharem tantas dicas e roteiros perfeitos por lugares incríveis com outras famílias. 

Zadar, a primeira parada na Costa da Dalmácia

Depois de visitar o Parque Nacional Plitvice Lakes, seguimos para Zadar, na Costa da Dalmácia, pela estrada pedagiada, abaixo de chuva. 

Se o tempo estiver bonito, acho que vale a pena ir pelas estradas panorâmicas regionais, que não têm pedágios e normalmente são bem mais bonitas e bucólicas, mas os percursos são mais longos e lentos.

A estrada que usamos para ir de Plitvice até Zadar é pedagiada e custou 35 kunas.

como é trabalhar na Disney, por Samantha Langer

Há alguns dias eu indiquei na nossa fan page no Facebook um post da Luciana Misura, do ótimo blog Colagem, sobre o dia de princesa na Bibbidi Bobbidi Boutique, na Disney, e a Samantha Langer comentou que havia trabalhado lá. 

Na mesma hora eu pedi a ela que nos contasse, aqui no blog, como foi que ela conseguiu um trabalho na Disney e como foi a experiência

Fiquei faceiríssima quando ela topou, porque eu morro de curiosidade pra saber como é trabalhar lá, e morro de arrependimento de não ter tentado essa experiência quando estava na faculdade! 

Então, com vocês, "como é trabalhar na Disney", por Samantha Langer:

Em 2011 reencontrei dois grandes amigos que conheci no meu primeiro intercâmbio para os Estados Unidos em 2007. Os dois tinham ido trabalhar na Disney World por um programa chamado ICP (International College Program). Esse programa é mundial e quase todos os países possuem representantes.